8 termos que você precisa saber para trabalhar com email marketing

Em outro tópico foi mostrado como validar suas listas de email marketing e o quão importante é essa validação.

Nesse post vamos focar um pouco nas principais palavras que você precisa saber quando está trabalhando com email marketing e o significado de cada uma.

Confira abaixo os 8 termos mais comuns que você precisa saber para trabalhar com email marketing.

1 – Block (bloqueio)

Ocorre quando o servidor de email se recusa a receber mensagens de específicos endereços de ip ou então de determinados domínios que são previamente conhecidos por infligirem as políticas de email ou então são conhecidos como servidores de spam.

2 – Blacklist (lista negra)

Como o nome já diz, é a lista negra dos servidores de envio de email. As blacklists possuem endereços de IP que foram listados como fontes conhecidas de spam. Ocorre quando muitos usuários marcam as mensagens provenientes desses servidores como mensagens de spam.

Existem blacklists públicas que podem ser encontradas de forma gratuita e as privadas que pedem uma taxa para serem baixadas.

3 – Spam filter (filtro de spam)

É um software destinado a bloquei de emails indesejados. Esses programas possuem vários critérios de seleção que são utilizados para definir se um email que chega na caixa de entrada é um spam ou não. Os filtros de spam mais atuais possuem técnicas para validação como analisar a estrutura do email, palavras comuns em emails de spam, servidor de envio, autenticação por DKIM, blacklists, entre outros.

4 – Spam Traps (armadilhas de spam)

São emails utilizados somente para capturar spammers. Esses emails ou nunca foram utilizados por nenhuma pessoa real ou foram abandonados por seus usuários originais é após alguns anos sem uso foram reativados pelos servidores de email para serem utilizados como armadilhas (recycled spam traps). Esses emails geralmente são espalhados por vários site parceiros e ficam escondido no código, permitindo que os robôs que buscam emails para spam os encontrem porém sem influenciar em nada a experiência do usuário verdadeiro.

Um dos principais motivos para você nunca comprar uma lista de emails é que elas são montadas por esses robôs que buscam emails automáticos, e a chance de conter vários spam traps é bem alta.

5 – DomainKeys Identified Mail (DKIM)

Permite um domínio tomar responsabilidade pelo envio da mensagem em trânsito. O domínio pode ser da empresa que está enviando o email originalmente ou então de algum intermediário confiável. Tecnicamente o DKIM é um método que valida se o email recebido possui uma identidade associada ao nome do domínio através de uma autenticação criptografada.

6 – Sender Policy Framework (SPF)

É um protocolo usado para eliminar emails forjados, isso é, ele permite identificar se um servidor de email pode enviar emails através de determinado domínio. O SPF fica nas informações do registro de DNS do domínio responsável pelo envio da mensagem. O servidor que recebe o email pode definir se a mensagem vai ser entregue ou não verificando o SPF do registro.

7 – List-Unsubscribe

É uma informação opcional no cabeçalho (header) dos emails de maketing e publicitários. Ao definir esse cabeçalho, o usuário que recebeu o email visualizará um botão de “unsubscribe”, isso é, um botão clicável para não receberem mais mensagens dessa lista no futuro. Hoje esse cabeçalho é utilizado principalmente pelo Gmail, Windows Live/Outlook, IOS 10 e por alguns filtros de spam.

Um exemplo desse cabeçalho deve parecer como o abaixo ou pelo link http://www.list-unsubscribe.com/:
From: josh@domain.com
Subject: [espc-tech] More info on List-Unsubscribe
Date: August 31, 2006 3:13:02 PM CDT
To: jasmine@domain.com
List-Unsubscribe: <mailto:unsubscribe-espc-tech-12345N@domain.com>, <http://domain.com/member/unsubscribe/?listname=espc-tech@domain.com?id=12345N>

8 – Sender Score (reputação)

É uma das métricas utilizadas pelos servidores de email para definir se o email vai para a caixa de entrada ou para SPAM. Quanto maior o sender score de um servidor, maior a chance do email ser entregue corretamente para o usuário. Quanto menos indicações de spam e “bounces”, maior o sender score do servidor.

Para conhecer um pouco mais sobre como evitar cair em blacklists ou bloqueios acesse http://mailfinder.io/como-validar-lista-de-emails/ e aprenda a validar suas listas de email.

Para utilizar o mailfinder você pode cadastrar-se gratuitamente em http://mailfinder.io/app/#/register

3 Comments

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Add Comment *
Name*
Email*
Website